domingo, 4 de dezembro de 2016

7° dia da Novena pela libertação do medo



Senhor Deus, em nome de Jesus, peço que entre em meu coração e no coração desta pessoa por quem rezo. (Diga o seu nome e o nome da pessoa por quem você oferece esta novena)

Que Tua mão poderosa Jesus, toque todas as experiências de vida que precisam ser curadas, transformadas na minha vida e na vida desta pessoa.

Senhor que eu possa sentir Tua presença tão forte e de forma tão verdadeira e autêntica na minha vida, que seja tirada de mim a insegurança, o medo e as perturbações psíquicas e emocionais.

Senhor eu creio no Teu poder transformador e peço Senhor, em nome do Teu filho Jesus, liberta-me destes medos. (Diga agora quais são os seus medos)

Senhor que libertastes os vossos filhos de temores e angústias olhai com bondade as minhas fraquezas.

Eu creio Senhor que sois o Pai e como filho peço: liberta-me dos temores do medo e das angústias que muitas vezes me assaltam. Sei que não devo ter medo pois sei que estás comigo.

Pai, por Teu Filho Jesus, me defenda, me proteja e me ame.

Pai tirai do meu coração todo o medo, pois eu creio Senhor, que com Tua presença eu serei suficientemente forte para enfrentar estes medos e para superá-los e assim então Te louvarei e exaltarei o Teu nome.


Liberta-me Senhor, transforma-me Senhor, encoraja-me Senhor. Tua presença me basta Pai. Isso eu vos peço em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho na Unidade do Espírito Santo. Amém.


Fonte: Filhos Espirituais de Pe. Pio

sábado, 3 de dezembro de 2016

6° dia da Novena pela libertação do medo

Senhor Deus, em nome de Jesus, peço que entre em meu coração e no coração desta pessoa por quem rezo. (Diga o seu nome e o nome da pessoa por quem você oferece esta novena)

Que Tua mão poderosa Jesus, toque todas as experiências de vida que precisam ser curadas, transformadas na minha vida e na vida desta pessoa.

Senhor que eu possa sentir Tua presença tão forte e de forma tão verdadeira e autêntica na minha vida, que seja tirada de mim a insegurança, o medo e as perturbações psíquicas e emocionais.

Senhor eu creio no Teu poder transformador e peço Senhor, em nome do Teu filho Jesus, liberta-me destes medos. (Diga agora quais são os seus medos)

Senhor que libertastes os vossos filhos de temores e angústias olhai com bondade as minhas fraquezas.

Eu creio Senhor que sois o Pai e como filho peço: liberta-me dos temores do medo e das angústias que muitas vezes me assaltam. Sei que não devo ter medo pois sei que estás comigo.

Pai, por Teu Filho Jesus, me defenda, me proteja e me ame.

Pai tirai do meu coração todo o medo, pois eu creio Senhor, que com Tua presença eu serei suficientemente forte para enfrentar estes medos e para superá-los e assim então Te louvarei e exaltarei o Teu nome.

Liberta-me Senhor, transforma-me Senhor, encoraja-me Senhor. Tua presença me basta Pai. Isso eu vos peço em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho na Unidade do Espírito Santo. Amém.


Fonte: filhosespirituaisdepepio.blogspot.com.br

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

5° dia da Novena pela libertação do medo



Senhor Deus, em nome de Jesus, peço que entre em meu coração e no coração desta pessoa por quem rezo. (Diga o seu nome e o nome da pessoa por quem você oferece esta novena)

Que Tua mão poderosa Jesus, toque todas as experiências de vida que precisam ser curadas, transformadas na minha vida e na vida desta pessoa.

Senhor que eu possa sentir Tua presença tão forte e de forma tão verdadeira e autêntica na minha vida, que seja tirada de mim a insegurança, o medo e as perturbações psíquicas e emocionais.

Senhor eu creio no Teu poder transformador e peço Senhor, em nome do Teu filho Jesus, liberta-me destes medos. (Diga agora quais são os seus medos)

Senhor que libertastes os vossos filhos de temores e angústias olhai com bondade as minhas fraquezas.

Eu creio Senhor que sois o Pai e como filho peço: liberta-me dos temores do medo e das angústias que muitas vezes me assaltam. Sei que não devo ter medo pois sei que estás comigo.

Pai, por Teu Filho Jesus, me defenda, me proteja e me ame.

Pai tirai do meu coração todo o medo, pois eu creio Senhor, que com Tua presença eu serei suficientemente forte para enfrentar estes medos e para superá-los e assim então Te louvarei e exaltarei o Teu nome.


Liberta-me Senhor, transforma-me Senhor, encoraja-me Senhor. Tua presença me basta Pai. Isso eu vos peço em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho na Unidade do Espírito Santo. Amém.

Fonte: Filhos Espirituais de Pe. Pio

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

4° dia da Novena pela libertação do medo

Senhor Deus, em nome de Jesus, peço que entre em meu coração e no coração desta pessoa por quem rezo. (Diga o seu nome e o nome da pessoa por quem você oferece esta novena)

Que Tua mão poderosa Jesus, toque todas as experiências de vida que precisam ser curadas, transformadas na minha vida e na vida desta pessoa.

Senhor que eu possa sentir Tua presença tão forte e de forma tão verdadeira e autêntica na minha vida, que seja tirada de mim a insegurança, o medo e as perturbações psíquicas e emocionais.

Senhor eu creio no Teu poder transformador e peço Senhor, em nome do Teu filho Jesus, liberta-me destes medos. (Diga agora quais são os seus medos)

Senhor que libertastes os vossos filhos de temores e angústias olhai com bondade as minhas fraquezas.

Eu creio Senhor que sois o Pai e como filho peço: liberta-me dos temores do medo e das angústias que muitas vezes me assaltam. Sei que não devo ter medo pois sei que estás comigo.


Pai, por Teu Filho Jesus, me defenda, me proteja e me ame.

Pai tirai do meu coração todo o medo, pois eu creio Senhor, que com Tua presença eu serei suficientemente forte para enfrentar estes medos e para superá-los e assim então Te louvarei e exaltarei o Teu nome.

Liberta-me Senhor, transforma-me Senhor, encoraja-me Senhor. Tua presença me basta Pai. Isso eu vos peço em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho na Unidade do Espírito Santo. Amém.

Fonte: Filhos Espirituais de Pe. Pio

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

3° dia da Novena pela libertação do medo



Senhor Deus, em nome de Jesus, peço que entre em meu coração e no coração desta pessoa por quem rezo. (Diga o seu nome e o nome da pessoa por quem você oferece esta novena)

Que Tua mão poderosa Jesus, toque todas as experiências de vida que precisam ser curadas, transformadas na minha vida e na vida desta pessoa.

Senhor que eu possa sentir Tua presença tão forte e de forma tão verdadeira e autêntica na minha vida, que seja tirada de mim a insegurança, o medo e as perturbações psíquicas e emocionais.

Senhor eu creio no Teu poder transformador e peço Senhor, em nome do Teu filho Jesus, liberta-me destes medos. (Diga agora quais são os seus medos)

Senhor que libertastes os vossos filhos de temores e angústias olhai com bondade as minhas fraquezas.

Eu creio Senhor que sois o Pai e como filho peço: liberta-me dos temores do medo e das angústias que muitas vezes me assaltam. Sei que não devo ter medo pois sei que estás comigo.

Pai, por Teu Filho Jesus, me defenda, me proteja e me ame.

Pai tirai do meu coração todo o medo, pois eu creio Senhor, que com Tua presença eu serei suficientemente forte para enfrentar estes medos e para superá-los e assim então Te louvarei e exaltarei o Teu nome.

Liberta-me Senhor, transforma-me Senhor, encoraja-me Senhor. Tua presença me basta Pai. Isso eu vos peço em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho na Unidade do Espírito Santo. Amém.



Fonte: Filhos Espirituais de Pe. Pio

terça-feira, 29 de novembro de 2016

2° dia da Novena pela libertação do medo



Senhor Deus, em nome de Jesus, peço que entre em meu coração e no coração desta pessoa por quem rezo. (Diga o seu nome e o nome da pessoa por quem você oferece esta novena)

Que Tua mão poderosa Jesus, toque todas as experiências de vida que precisam ser curadas, transformadas na minha vida e na vida desta pessoa.

Senhor que eu possa sentir Tua presença tão forte e de forma tão verdadeira e autêntica na minha vida, que seja tirada de mim a insegurança, o medo e as perturbações psíquicas e emocionais.

Senhor eu creio no Teu poder transformador e peço Senhor, em nome do Teu filho Jesus, liberta-me destes medos. (Diga agora quais são os seus medos)

Senhor que libertastes os vossos filhos de temores e angústias olhai com bondade as minhas fraquezas.

Eu creio Senhor que sois o Pai e como filho peço: liberta-me dos temores do medo e das angústias que muitas vezes me assaltam. Sei que não devo ter medo pois sei que estás comigo.

Pai, por Teu Filho Jesus, me defenda, me proteja e me ame.

Pai tirai do meu coração todo o medo, pois eu creio Senhor, que com Tua presença eu serei suficientemente forte para enfrentar estes medos e para superá-los e assim então Te louvarei e exaltarei o Teu nome.

Liberta-me Senhor, transforma-me Senhor, encoraja-me Senhor. Tua presença me basta Pai. Isso eu vos peço em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho na Unidade do Espírito Santo. Amém.

Fonte: Filhos Espirituais de Pe. Pio

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

1° dia da Novena pela libertação do medo


Senhor Deus, em nome de Jesus, peço que entre em meu coração e no coração desta pessoa por quem rezo.

(Diga o seu nome e o nome da pessoa por quem você oferece esta novena)

Que Tua mão poderosa Jesus, toque todas as experiências de vida que precisam ser curadas, transformadas na minha vida e na vida desta pessoa.

Senhor que eu possa sentir Tua presença tão forte e de forma tão verdadeira e autêntica na minha vida, que seja tirada de mim a insegurança, o medo e as perturbações psíquicas e emocionais.

Senhor eu creio no Teu poder transformador e peço Senhor, em nome do Teu filho Jesus, liberta-me destes medos.

(Diga agora quais são os seus medos)

Senhor que libertastes os vossos filhos de temores e angústias olhai com bondade as minhas fraquezas.

Eu creio Senhor que sois o Pai e como filho peço: liberta-me dos temores do medo e das angústias que muitas vezes me assaltam. Sei que não devo ter medo pois sei que estás comigo.

Pai, por Teu Filho Jesus, me defenda, me proteja e me ame.

Pai tirai do meu coração todo o medo, pois eu creio Senhor, que com Tua presença eu serei suficientemente forte para enfrentar estes medos e para superá-los e assim então Te louvarei e exaltarei o Teu nome.


Liberta-me Senhor, transforma-me Senhor, encoraja-me Senhor. Tua presença me basta Pai. Isso eu vos peço em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho na Unidade do Espírito Santo. Amém.

Fonte: Filhos Espirituais de Pe. Pio

domingo, 27 de novembro de 2016

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS

 Foi na segunda aparição a 27 de novembro de 1830, em Paris, na França; que Nossa Senhora apareceu a uma das Irmãs da Caridade de São Vicente de Paulo, à humilde noviça Santa Catarina Labouré. Ela descreve como lhe foi revelada a Medalha da Imaculada Conceição:           
            A Virgem apareceu sobre um globo, pisando uma serpente e segurando nas mãos um globo menor, oferecendo-o à Deus, num gesto de súplica.
 
Enquanto A contemplava, Catarina ouviu uma voz que lhe disse:

 "Este globo que vês representa o mundo inteiro e especialmente a França, e cada pessoa em particular. Os raios são o símbolo das Graças que derramo sobre as pessoas que Me as pedem. Os raios mais espessos correspondem às graças que as pessoas se recordam de pedir. Os raios mais delgados correspondem às graças que as pessoas não se lembram de pedir.“

 A ORAÇÃO:

Enquanto Maria estava rodeada duma luz brilhante, de repente, o globo desapareceu e suas mãos se estendem suavemente, derramando sobre o globo brilhantes raios de luz. Formou-se assim um quadro oval, rodeado pelas palavras em letras de ouro:

"Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós".

Virou-se então o quadro, aparecendo, no reverso, um " M" encimado por uma cruz e, embaixo, os corações de Jesus e de Maria. E a Santíssima Virgem lhe pede:

 

         A PROMESSA:   
  
’'Manda cunhar uma Medalha por este modelo; as pessoas que a trouxerem indulgenciada, receberão grandes graças, mormente se a trouxerem ao pescoço; hão de ser abundantes as graças para as pessoas que a trouxerem com confiança. “

 E assim foi cunhada, em Paris, esta medalha, que logo s espalhou pelo mundo inteiro, derramando graças tão numerosas e extraordinárias que o povo, espontaneamente, passou a chamá-la: " A Medalha Milagrosa".



ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS

 Súplica - Ó Imaculada Virgem Mãe de Deus e nossa Mãe, ao comtemplar-vos de braços abertos derramando graças sobre os que vo-las pedem, cheios de confiança na vossa poderosa intercessão, inúmeras vezes manifestada pela Medalha Milagrosa, embora reconhecendo a nossa indignidade por causa de nossas inúmeras culpas, acercamo-nos de vossos pés para vos expor, durante esta oração, as nossas mais prementes necessidades(momento de silêncio e de pedir a graça desejada).         Concedei, pois, ó Virgem da Medalha Milagrosa, este favor que confiantes vos solicitamos, para maior glória de Deus, engrandecimento do vosso nome, e o bem de nossas almas.
         E para melhor servirmos ao vosso Divino Filho, inspirai-nos profundo ódio ao pecado e dai-nos coragem de nos afirmar sempre verdadeiros cristãos. Amém.

Rezar 3 Ave-Marias.

- Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós.

Oração Final - Santíssima Virgem, eu creio e confesso vossa Santa e Imaculada Conceição, pura e sem mancha. Ó puríssima Virgem Maria, por vossa Conceição Imaculada e gloriosa prerrogativa de Mãe de Deus, alcançai-me de vosso amado Filho a humildade, a caridade, a obediência, a castidade, a santa pureza de coração, de corpo e espírito, a perseverança na prática do bem, uma santa vida e uma boa morte. Amém.




NOVENA DA VIRGEM IMACULADA DAS GRAÇAS
DA MEDALHA MILAGROSA
            Ato de Contrição- Meu bom Jesus que por mim morrestes na cruz, tende piedade de mim, perdoai os meus pecados e dai-me a graça de nunca mais pecar.
         1º Dia 1º Aparição - Contemplamos a Virgem Imaculada, em sua primeira aparição a Santa Catarina Labouré. A piedosa noviça guiada por seu Anjo da Guarda é apresentada a Imaculada Senhora. Consideremos sua inefável alegria. Seremos também felizes, como Santa Catarina, se trabalharmos com ardor na nossa santificação.
            Súplica a Nossa Senhora - Ó Imaculada, Virgem Mãe de Deus e nossa Mãe ao contemplar-nos de braços derramando graças sobre os que vos pedem cheios de confiança na Vossa poderosa intercessão inúmeras vezes manifestada pela Medalha Milagrosa, embora reconhecendo a nossa indignidade por causa de nossas numerosas culpas, acercamo-nos de vossos pés para vos expor durante esta Novena as nossas prementes necessidades...( um instante de silêncio ). Concedei, pois, ó Virgem da Medalha Milagrosa este favor que confiantes vos solicitamos para maior glória de Deus, engrandecimento do Vosso nome e bem de nossas almas e para melhor servirmos ao Vosso Divino Filho, inspirai-nos um profundo ódio ao pecado e dai-nos a coragem de nos afirmar sempre verdadeiros cristãos. Amém – Rezar 03 Ave-Marias.
            Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.
         Oração Final - Santíssima Virgem, eu creio e confesso vossa santa e Imaculada Conceição, pura e sem mancha. Ó puríssima Virgem Maria, por vossa Conceição Imaculada e gloriosa prerrogativa de Mãe de Deus alcançai-me de vosso amado Filho a humildade, a caridade, a obediência a castidade, a santa pureza de coração, de corpo e de espírito a perseverança na prática do bem, uma santa vida e uma boa morte. Amém.
            2º Dia - Lágrimas de Maria - Contemplemos Maria, chorando sobre as calamidades que viriam sobre o mundo, pensando que o Coração de seu Filho seria ultrajado, a cruz escarnecida e seus filhos prediletos perseguidos. Confiemos na Virgem compassiva e também participaremos no fruto de suas lágrimas.
            3º Dia - Proteção de Maria - Contemplemos nossa Imaculada Mãe, dizendo em suas aparições a Santa Catarina: " Eu mesma estarei convosco, não vos perco de vista e vos concederei abundantes graças. Sede para mim, Virgem Imaculada, o escudo e a defesa em todas as necessidades.
            4º Dia - 2º Aparição - Estando Catarina Labouré em oração a 27 de novembro de 1830, apareceu-lhe a Virgem Maria, formosíssima, esmagando a cabeça da serpente infernal; nesta aparição vemos seu desejo imenso de nos proteger sempre contra o inimigo de nossa salvação. Invoquemos a Imaculada Mãe com confiança e amor!
            5º Dia - As Mãos de Maria - Contemplemos, hoje, Maria, desprendendo de suas mãos raios luminosos. "Estes raios, disse ela, são a figura das graças que derramo sobre todos aqueles que me pedem e aos que trazem com fé minha medalha".
Não desperdicemos tantas graças! Peçamos com fervor, humildade e perseverança, e Maria Imaculada no-las alcançará.
            6º Dia - 3º Aparição - Contemplemos Maria, aparecendo à Santa Catarina, radiante de luz, cheia de bondade, rodeada de estrelas, e mandando cunhar uma medalha, prometendo a todos que a trouxerem com devoção e amor, muitas graças. Guardemos fervorosamente a Santa Medalha e como escudo, ela nos protegerá nos perigos.
            7º Dia - Súplica - Ó Virgem Milagrosa, Rainha excelsa, Imaculada Senhora, sede meu refúgio nesta terra, meu consolo nas tristezas e aflições, minha fortaleza e advogada na hora da morte.
            8º Dia - Súplica - Ó Virgem Imaculada da Medalha Milagrosa, fazei que esses raios luminosos que irradiam de vossas mãos virginais, iluminem minha inteligência para melhor conhecer o bem, e abrazem meu coração com vivos sentimentos de fé, esperança e caridade.
            9º Dia - Súplica - Ó Mãe Imaculada, fazei que a cruz de vossa Medalha brilhe sempre diante de meus olhos, suavize as penas da vida presente e me conduza à vida eterna.
            www.obradoespiritosanto.com


Súplica à Virgem Santíssima das Graças 200 dias de indulgência

Celeste tesoureira de todas as graças, Mãe de Deus e minha Mãe, Filha Primogênita do Eterno Pai, cuja Onipotência está em tuas mãos, tem piedade de minha alma e concede-me a graça que te suplico com todo fervor. Ave-Maria...

Misericordiosa distribuidora das graças divinas, Maria Santíssima, tu que és Mãe do Verbo Encarnado, tu que foste coroada com sua imensa sabedoria, considera a minha dor e concede-me a graça de que tanto necessito. Ave-Maria...

Misericordiosa distribuidora das graças divinas, Imaculada esposa do Espírito Santo Eterno, Maria Santíssima, tu que recebeste um coração participando das misérias humanas e consolando todos os que sofrem, tem compaixão da minha alma e dá-me a graça que espero, com toda confiança, da tua imensa bondade. Ave-Maria...

Sim, minha Mãe, Tesoureira de todas as graças, Refúgio dos pobres pecadores, Consoladora dos aflitos, Esperança dos desesperados, Auxílio poderoso dos cristãos, eu deposito em ti toda minha confiança e creio firmemente que obterás de Jesus a graça que desejo com toda esperança para o bem de minha alma. Salve Rainha...

Oh! Maria concebida sem pecado, rogai ao Pai para (pede-se a graça).
Oh! Maria concebida sem pecado, rogai a Jesus para (pede-se a graça).
Oh! Maria concebida sem pecado, rogai ao Espírito Santo para (pede-se a graça).

http://www.derradeirasgracas.com/2.%20segunda%20p%C3%A1gina/As%20Devo%C3%A7%C3%B5es/2.%20DEVO%C3%87%C3%95ES%20A%20MARIA%20SANT%C3%8DSSIMA/A%20Devo%C3%A7%C3%A3o%20%C3%A0%20Medalha%20Milagrosa.htm


sábado, 26 de novembro de 2016

“Silêncio”, filme de Scorsese sobre jesuítas missionários no Japão, terá estreia no Vaticano

Estrelada por Andrew Garfield e Liam Neeson, a superprodução fala sobre a perseguição aos cristãos no Japão do século XVII.


O diretor Martin Scorsese – famoso por filmes como Os InfiltradosA Ilha do Medo e O Lobo de Wall Street – fará a estreia de seu novo filme, Silêncio (Silence), no Vaticano, na próxima terça-feira (29/11), com um grupo de jesuítas.
O filme fala sobre a perseguição aos cristãos no Japão do século XVII.
O filme fala sobre a perseguição aos cristãos no Japão do século XVII.
A produção, baseada no livro de mesmo nome do escritor japonês Shusaku Endo, publicado em 1966, conta a história de padres jesuítas enviados em missão ao Japão no século XVII, num contexto de perseguição à fé cristã.
Andrew Garfield – o intérprete do Homem-Aranha nos últimos filmes do herói – interpreta o padre Sebastião Rodrigues, Adam Driver – de Lincoln e Star Wars: O Despertar da Força – faz o papel do padre Francisco Garrpe e Liam Neeson – famoso pelo papel de protagonista em A Lista de Schindler e pela voz do leão Aslan na trilogia As Crônicas de Nárnia – interpreta o padre Cristóvão Ferreira.
O filme é um velho sonho de Scorsese, que o desenvolve há 28 anos. A produção começou de fato em 2009. A história é ficcional, mas se inspira na vida real de Cristóvão Ferreira, um padre jesuíta que viveu entre 1580 e 1650 e negou a fé cristã depois de ser torturado durante a perseguição aos cristãos no Japão. O cristianismo chegou ao Japão em 1549, através do missionário jesuíta São Francisco Xavier.
Em entrevista recente ao The New York Times, Garfield contou que fez direção espiritual com um padre jesuíta e retiro de silêncio para viver o personagem. Saiba mais sobre essa preparação.
A produção estreia em 23 de dezembro nos Estados Unidos. No Brasil, a estreia está prevista para 26 de janeiro de 2017. Confira o trailer e o cartaz, lançados nesta semana:
http://www.semprefamilia.com.br/silencio-filme-de-scorsese-sobre-jesuitas-japao-estreia-vaticano/

Padre Pio, o terço e Nossa Senhora de Lourdes


Padre Pio: Nossa Senhora nunca me recusou uma graça através da recitação do terço
“Nada menos que cinco rosários na íntegra todos os dias”: é o compromisso que lemos no diário escrito por Padre Pio em 1929. Mas, na realidade, eram realmente raros os dias em que o capuchinho ficava limitado a esse número. 

O padre Mariano Paladino uma vez perguntou-lhe quantos terços havia rezado, e ele respondeu: 

– Trinta. Quase, tal vez um pouco mais, mas não menos. 

– Como o senhor consegue? perguntou o surpreso confrade. 

E padre Pio respondeu candidamente: 

– Na noite o que há para fazer? 


Em outra ocasião, o santo religioso acrescentou: 

– Eu posso fazer três coisas ao mesmo tempo: rezar, confessar e ir ao redor do mundo.

Um de seus assistentes pessoais, o padre Marcellino Iasenzaniro, testemunhou que na parte da manhã era necessário lavar-lhe as mãos uma de cada vez, porque o Padre Pio nunca parava de rezar o Terço, que gostava de chamar de “arma de defesa e de salvação, doada por Nossa Senhora para usá-la contra as astutas ciladas do inimigo infernal”. 

E ele explicou aos que estavam perto dele: 

– Se a Imaculada em Lourdes e até mesmo o Imaculado Coração em Fátima recomendaram insistentemente a oração do Terço, não significa que esta oração tem um valor excepcional para nós e para os nossos tempos?



Um dia, o irmão padre Alessio Parente lhe perguntou por que ele sempre recitava o Terço e não outras orações. Sua resposta foi: 

– Porque Nossa Senhora nunca me recusou uma graça através da recitação do terço. 



Para si mesmo, como revelou ao padre Pellegrino Funicelli, ele tinha um pedido preciso:

“Meu filho, eu tenho um temperamento ruim. Muitas vezes, quando eu não concordo com as disposições do Superior, digo-lhe clara e rombudamente, embora, em seguida, eu cumpro suas disposições escrupulosamente. 

“Eu peço todos os dias a Nossa Senhora a graça de ter um pouco de sua doçura e de sua ternura na obediência ao superior e à Igreja. Eu, então, Lhe peço uma segunda graça: não ter olhos para ver, exceto Jesus e sua Igreja nesta terra”.



O terço é arma poderosíssima para tirar do Purgatório as almas que ali padecem
O poder desta oração foi testado pessoalmente pelo capuchinho, que entre outras coisas, como relatou o padre Nello Castello, ensinou a valorizar o terço de indulgências de Monsenhor Cuccarollo, a quem o Papa São Pio X, na hora de nomea-lo bispo tinha concedido as indulgências de que dispunha, tirando o anel papal da mão e pondo-o no dedo do bispo simbolicamente. 

Padre Pio disse: 

– Com este terço esvaziamos um recanto do Purgatório.

Todas as noites, especialmente nos últimos anos de vida, o padre Pio queria que em seu quarto o Superior ou outro irmão de religião puxasse a Ave Maria, que ele e os presentes, em seguida, completavam concluindo com a invocação “Mater Divinae Gratiae, ora pro nobis” (“Mãe da Divina Graça, rogai por nós”). 



O padre Carmelo de San Giovanni in Galdo poeticamente pintou a cena como 

“o fechamento de um dia de trabalho pesado, e um brado pedindo ajuda para a noite que se aproximava. Ele fitava para a grande imagem de Nossa Senhora, que pendia da parede ao pé da sua cama, como uma criança aguardando o beijo e a saudação da mãe”.



Seu sentimento filial para com Maria teve extraordinária intensidade, embora para sua humildade nunca achava suficientes suas demonstrações de afeto. 

Durante uma confissão, a Irmã Maria Francesca Consolata confidenciou: 

– Pai, eu tenho muita amargura na alma, porque eles não sabem amar Nossa Senhora com o amor que o senhor tem.

E ele, com um suspiro, disse, visivelmente emocionado: 

– Minha filha, eu estou sofrendo porque eu A amo tanto ... e eu ainda não sei amá-La como Ela merece. Oremos juntos para alcançar essa grande graça.


A 14 de agosto de 1958, na véspera da festa da Assunção, o padre guardião do mosteiro pediu-lhe um pensamento espiritual. 


O Padre Pio abaixou a cabeça, começou a soluçar, e, respondendo, disse: 

– Nossa Senhora ... 

Os soluços tornaram-se pranto; em seguida, retomou com esforço: 

– Nossa Senhora ....

Tremores fortes fizeram estremecer todo o seu corpo. 

– Nossa Senhora.., ele repetiu pela terceira vez, é nossa Mãe. 

Então lágrimas brotaram incontroláveis, e o padre, com dificuldade, conseguiu levar o lenço para enxugar as lágrimas que lhe tinham molhado todo o rosto. 

Mas sequer teve tempo e força para secá-lo, porque as lágrimas escorriam abundantes e incessantemente. 

Em seguida, deixou cair as mãos sobre os joelhos e, chorando, ele continuou a gritar: 

– Nossa Senhora é nossa Mãe! Nossa Senhora é nossa Mãe!



Por sua vez, o padre Eusébio contou que certa feita, no fim do dia, após a recitação do Rosário em honra de Nossa Senhora, a multidão de pessoas cantou a música “Levanta-te, Tu que és mais bela que a aurora”.

E enquanto cantavam o refrão “Tu és bela como o sol, pulcra como a lua”, o padre Pio teve uma expansão súbita:

– Oh, se fosse assim renunciaria até ao Paraíso. 

O padre Eusébio, espantado com esta declaração que lhe parecia exagerada, objetou: 

– Padre, isso é mais bonito do que o sol e a lua?

E ele quase com pena dele, disse: 

– Eh ... o senhor precisa..

E o irmão, pegando no ar: 

– Mas então, o senhor viu a Nossa Senhora?

Sua resposta foi o silêncio, acompanhado por um sorriso mais eloquente do que quaisquer palavras.



(Fonte: Saverio Gaeta, “Padre Pio. Sulla soglia del Paradiso”, San Paolo Edizioni, 2002, cap. XVI, Rosario e Madonna. L'“arma” della salvezza).

Padre Pio Terço de Libertação

Em tempos difíceis... para lutas espirituais precisamos de armas espirituais, nada melhor em um combate espiritual que este Terço do Padre Pio, com Fé e Deus no coração ele é muito poderoso.


TERÇO DA LIBERTAÇÃO – PADRE PIO

INICIO: Credo, Pai Nosso, 3 Ave-Marias, Glória

Nas contas grandes do Pai-Nosso, reza-se:
“É o coração de Jesus Cristo que lhe ordena satanás:
deixe-nos em Paz”

Nas contas pequenas das Ave-Marias, reza-se:
“O Coração Eucarístico de Jesus livrai-nos cada vez 
mais das insídias de satanás”

No final de cada mistério, reza-se:
“Sangue de Cristo que lava e liberta, lavai-nos e
libertai-nos de todo mal.”

Ao final do terço reza-se 3 vezes:
“Jesus, manso e humilde de coração, fazei nosso coração semelhante ao vosso.
E que eu vos ame cada vez mais.”


1º Mistério:
LIVRAI-NOS DO ORGULHO E DA SOBERBA

2º Mistério:
LIVRAI-NOS DA LUXURIA E DA IMPUREZA

3º Mistério: 
LIVRAI-NOS DA MÁGOA E DA FALTA DE PERDÃO

4º Mistério: 
LIVRAI-NOS DA IDOLATRIA E DA FALSIDADE

5º Mistério:
 LIVRAI-NOS DA IRA E DO ÓDIO



http://1000socorrosdemaria.blogspot.com.br/2016/07/receita-de-oracao-76terco-de-libertacao.html

ESTE BLOG É DEDICADO À:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...